Música latina em português

Raul Marques & Os Amigos Da Salsa

Raul Marques & Os Amigos Da Salsa

Portugal não é um país que, na sua expressão musical, recorre com frequência aos ritmos afro-caribenhos para passar a sua mensagem. No entanto, estes géneros musicais não nos são estranhos e tocam memórias primordiais que despertam em nós uma sensação de familiaridade.

Alguns dos exemplos de produções musicais contemporâneas que apostaram na música latina mostraram-nos como é difícil construir e sustentar um projecto baseado nestes géneros.

É o caso da banda Raul Marques & Os Amigos Da Salsa.

Orquestra Lisboa Latina - Alma Latina

Orquestra Lisboa Latina – Alma Latina

Nestas últimas décadas, e acompanhando a explosão da febre pela dança latina, surgiram alguns projectos de música, dita tropical, cantada em português. Numa tentativa de chegar mais facilmente ao grande público e de o cativar para esta paixão a Orquestra Latina de Lisboa recorreu a covers de temas conhecidos de artistas nacionais consagrados.

Em 1998, a editora BMG, lança o disco “Alma Latina”, o primeiro álbum da Orquestra Latina de Lisboa. Mais tarde, em 2000, surge “Latinomania”, desta feita pela editora Ovação. Não houve continuidade da orquestra.

O maestro Pedro Luis Martínez foi o responsável pelo larga maioria dos arranjos musicais tocados pela orquestra. A música que escolhemos para ilustrar este projecto é um original da banda Delfins intitulado Sou Como Um Rio. A cantora Paula Sá é a vocalista.

Raul Marques & Os Amigos Da Salsa foram a banda com maior impacto mediático e aquela que teve maior continuidade. Deixaram uma marca na música portuguesa. Os seus resultados ganham ainda mais valor pelo facto de terem apostado na composição de temas originais. Para muitos eram dos melhores grupos portugueses em concerto.

Ligações Perigosas

Raul Marques & Os Amigos Da Salsa – Ligações Perigosas

Começaram este sonho em 1992. Depois dos discos “Ligações Perigosas”, de 1997 (Universal), e “Hotel Corazón”, de 2001 (MoviePlay), fizeram ainda uma homenagem a Amália Rodrigues com uma versão da música “Trago Fados Nos Sentidos” incluída no disco “A Diva Do Fado”.

Foram várias as músicas que alcançaram sucesso e como ilustração elegemos o tema “Porque Quero Estar Contigo”. Voz de Francisco António Pereira (Kiko). No video é possível ver os dançarinos Graça Pinto e Ernesto Acosta, fundadores da escola de danças populares latino-americanas Sabor Latino (Porto). Um dos trompetistas que tocou com a banda foi o Alexis Rodríguez (Cuba), que partilha actualmente o seu conhecimento discográfico em sessões de DJ “Vinyl Sessions” em Lisboa.

Na vertente da música instrumental destacamos o talentoso guitarrista português Joel Xavier.

Joel Xavier Latin Groove

Joel Xavier Latin Groove

Multifacetado e possuidor de uma técnica e bom gosto invejável, Joel percorre várias linguagens deixando sempre o seu estilo bem vincado. O quarto disco que editou foi baptizado de “Latin Grooves” (1999) e é a sua identificação com a música latina.

Foi na companhia e ajuda de Rene Toledo que conseguiu gravar o disco em Miami contando com a participação de autênticas lendas vivas como o saxofonista cubano Paquito D’Rivera, o guitarrista norte-americano Larry Coryell, o trompetista, também cubano, Artur Sandoval e o pianista dominicano Michel Camilo.

Mantequilla com Michel Camilo:

 

African Taste com Paquito D’Rivera:

 

Certamente num futuro breve iremos conhecer novas bandas portuguesas e novas músicas latinas em português. O consumo cultural tem sido diversificado e ecléctico. O fenómeno da dança e música latina e, mais recentemente, africana, indica-nos que ouvimos cada vez mais géneros e que os públicos para estes estilos ganham força e número. Daí a probabilidade do surgimento de novos projectos ser maior.

Faz falta a música ao vivo nestes estilos, com portugueses e em português. Os encontros de dança social seriam ainda mais animados e tudo ganhava outra cor. A aguardar.

Deixa o teu comentário!